04/09/2019 07h52 - Atualizado em 04/09/2019 07h53

Ele nos amou primeiro!

Amor que constrange

Ele nos amou primeiro!
Foto Divulgação

Hoje fui surpreendido por algo inusitado. Todos os dias vemos pessoas nas ruas pedindo dinheiro ou outras coisas e, às vezes, até nos incomodamos com algumas abordagens, só que hoje algo diferente aconteceu, algo constrangedor que me incomodasse ao ponto de abalar todas as minhas estruturas.

Trafegando pela rua me deparei com uma pessoa em uma situação um tanto quanto constrangedora, jogada ao chão com poucas roupas, procurando um lugar ao sol para se aquecer, procurando um pouco de conforto ao solo duro e frio de uma calçada. Passei por ela e fiquei pensado como é triste a vida para algumas pessoas.

 

Só que mais a frente , algo me tocou, algo que me constrangeu de tal forma que tive  que voltar e fazer algo para trazer um pouco de conforto para aquela vida jogada ao chão frio e duro.

 

Fui constrangido pelo amor de Deus, um amor que me fez rever todos os meu conceitos até o momento.

 

Todos os dias acordamos, trabalhamos, cuidamos de nossa casa e de nossos filhos, e assim seguimos nossas vidas, vamos à igreja aos sábados e domingos, levantamos nossas mãos e adoramos a Deus, e depois vamos para nossas casas, nos deitamos em nossa cama quente e confortável, que lindo é nossa vida, não na verdades somos todos egoístas, só pesamos em nós mesmos, do que adianta louvar a Deus nos cultos e depois ir para casa?

 

Temos que ser útil na vida de outras pessoas, pessoas que estão jogas ao chão sem ter o que comer e sem uma palavra amiga. Quando Jesus falou IDE pelo mundo e pregai o evangelho  ele estava fala sério, não foi um pedido e sim uma ordem, e o que nós fazemos? Nada, absolutamente nada! Nós não nos preocupamos com o próximo. Jesus disse: “Eu vos dou um novo mandamento: amai-vos uns aos outros. Como eu vos amei, assim também vós deveis amar-vos uns aos outros (Jo 13,34). Em outro versículo diz: O segundo, semelhante a este, é: ‘Amarás o teu próximo como a ti mesmo (Mateus 22:39).

 

Deus é amor e ele deseja que transmitamos esse amor. Esse amor me constrangeu hoje de tal forma que não me contive e cai em prantos, minha esposa brinca comigo falando que eu não sei chorar, pois ela nunca me viu chorar, só que mediante a tamanho amor, até os mais duros se quebram e choram.

 

Agradeço a Deus por ter tido o privilégio de ser tocado por tamanho amor, e o melhor de tudo isso  foi poder olhar nos olhos dessa pessoa e poder  ser retribuído pelo mesmo amor, em seu olhar vi o amor de Cristo e isso não tem preço.

Por Max Machado

Voltar para o topo
COMPARTILHE A MENSAGEM Facebook Twitter


Comente esta mensagem

Ok